Páginas

Pesquisar este blog

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Foto Noticia


Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians/Divulgação

Vigiado pelo volante alviverde Jonas, o meia corintiano Rodriguinho tenta domínio da bola


Vigiado pelo volante alviverde Jonas, o meia corintiano Rodriguinho tenta domínio da bola 
Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Mina comemora gol na vitória do Verdão sobre o Bahia

Mina comemora gol na vitória do Verdão sobre o Bahia


Verdão bate Bahia e se afasta do Z-4

Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgacao
Róger Guedes comemora gol na Fonte Nova

Luís André Rosa
do Agora
O Palmeiras espantou a zica, venceu por 4 a 2 e tirou o 100% do Bahia na Fonte Nova, no primeiro triunfo da equipe como forasteira neste Campeonato Brasileiro.Até ontem, a campanha alviverde como visitante era desastrosa. Além das quatro derrotas seguidas –para Chapecoense, São Paulo, Corititba e Santos–, o setor ofensivo não tinha conseguido anotar um mísero gol.Outro ponto animador para os palmeirenses é que a equipe, enfim, anotou um gol em cobrança de pênalti. Antes, Jean (contra o São Paulo) e Willian (diante do Atético-MG) haviam desperdiçado os arremates.

Vitória da violência no empate do Timão

Felipe Cerqueira
do Agora
Terminou sem comemorações o duelo entre Coritiba e Corinthians, no Couto Pereira, pela oitava rodada do Brasileiro.Após o empate sem gols, atletas dos dois times lamentaram mais uma derrota do futebol (e da sociedade): horas antes, um torcedor foi espancado e outros seis ficaram feridos durante uma briga entre alviverdes e alvinegros nos arredores do estádio do Coxa.O corintiano Jonathan José Gomes Souza da Silva, de 29 anos, chegou a ser erroneamente dado como morto pela Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos.Um vídeo que mostra Jonathan caído, levando socos e pontapés, impressionou até os jogadores do Timão, mas teve quem festejasse. Durante o jogo, integrantes da Império Alviverde, a maior organizada do Coritiba, cantaram "o corintiano morreu, o corintiano morreu".Somente após o empate a informação foi corrigida. O torcedor, levado ao Hospital do Trabalhador (a 11 km do Couto Pereira), recebeu alta por volta das 16h.

Tricolor perde os 100% no Morumbi e desaba na tabela

Alinne Fanelli
do Agora
Fim da invencibilidade em casa. O São Paulo perdeu para o Atlético-MG por 2 a 1, no Morumbi, sendo derrubado pela primeira vez em casa neste Brasileirão.Pela oitava rodada do torneio, novamente o clube perdeu por falhas individuais. Desta vez, de Lucão.A derrota, somada aos outros jogos da rodada, fez com que o Tricolor caísse da sétima para a 13ª colocação, a dois pontos da zona de rebaixamento. A situação pode ser pior ainda se o Cruzeiro vencer o Grêmio hoje.Já para o Galo, o resultado alivia porque o time saiu da zona de rebaixamento.


Peixe culpa retranca da Ponte por falta de gols

UOL
O Santos tentou, mas não conseguiu sair de um empate sem gols com a Ponte Preta no sábado, no estádio do Pacaembu.Na saída de campo, os jogadores santistas reclamaram da retranca do time adversário e lamentaram o tropeço como mandante."Jogamos bem. Eles vieram para defender e conseguiram. Com certeza, eles vão comemorar esse ponto mais que nós. Cada um tem uma maneira de jogar. Infelizmente, hoje a maneira defensiva levou a melhor", disse Lucas Lima.Outro meio-campista do Santos, Renato seguiu a mesma linha do companheiro: "O intuito era buscar a vitória, mas, infelizmente, encontramos uma equipe recuada, e a bola acabou não entrando. Buscamos a vitória até o último minuto".

Nenhum comentário:

Postar um comentário