Páginas

Pesquisar este blog

sábado, 2 de junho de 2018

No ar em 'Orgulho e paixão, Thiago Lacerda fala: 'Não faço ideia de como fiz para ficar casado por tanto tempo'

Darcy Williamson é o papel de Thiago Lacerda em "Orgulho e paixão"
Darcy Williamson é o papel de Thiago Lacerda em "Orgulho e paixão" Foto: Divulgação
 Foto: Divulgação
Thiago Lacerda e mais cinco atores de "Orgulho e paixão, novela em que ele interpreta o engenheiro Darcy, são a capa da revista Canal Extra deste domingo, que traz o Especial Dia dos Namorados. Juntos, eles posaram para um ensaio falando sobre a química entre eles e o sucesso da novela. No meio do bate-papo, o ator de 40 anos falou sobre o casamento dele com a atriz Vanessa Lóes, de 46. Juntos há 17 anos, eles são pai de Gael, de 10 , Cora, de 8, e Pilar, de 4. Questionado sobre a receita para um casamento longo, ele é direto ao afirmar que “não faz ideia de como fez para ficar casado por tanto tempo”.
— Só sei que perseverar é importante. É simples jogar a toalha, principalmente hoje em dia, quando não tem mais o rigor das tradições. No nosso caso, é um leão por dia. A gente tenta muito, faz questão de se perceber, para a relação se transformar a partir das dificuldades. Desistir é trivial demais — confessa ele, enquanto tomava chimarrão.
Com a proximidade do Dia dos Namorados, ele fala que é resistente a datas oficiais.
— Acho muito chato. Prefiro fazer o Dia dos Namorados amanhã, por exemplo. Simbolicamente, a gente até faz algo. Mas o bom é surpreender — argumenta ele, par romântico de Nathalia Dill (Elisabeta) na trama das 18h.
Amigos de longa data e os únicos comprometidos do sexteto, Thiago e Nathalia repetem a parceria iniciada em “Alto astral” (2014). O ator, citado como referência para os demais, destaca que “a energia que move o mundo é feminina”, e conta que “a tal química” de um par romântico é construída com a convivência. Tanta sintonia fez #Darlisa ser o campeão em menções no Twitter, entre os personagens de “Orgulho e paixão”, com mais de 72 mil citações.
— Nathalia é uma parceira agradabilíssima, Maurício (Destri, o Camilo na trama) foi meu filho em “Cordel encantado”(2011)... Eu procuro sempre estar próximo da galera. A convivência imprime quando vai ao ar. Quando você tem entrega e intimidade, surge a torcida do público — contextualiza o ator, que acrescenta: — O que a gente faz é tentar traduzir romance para o audiovisual. Não existe essa obra sem as relações.
fonte|:extra.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário